Quem Somos

Os Espiritanos são uma Congregação Religiosa católica missionária – a Congregação do Espírito Santo – com um legado de mais de 300 anos de anúncio do Evangelho de Jesus Cristo aos pobres e procurando ser “os advogados, o sustentáculo e os defensores dos fracos e dos pequenos contra todos aqueles que os oprimem”.

Nosso Lema

Cor Unum et Anima Una  – “Um só coração e uma só alma” (cf. At 4,32).

Nossa Missão

“O nosso objetivo é a evangelização dos pobres». Por isso, dirigimo-nos especialmente aos povos, grupos e pessoas que não ouviram ainda a mensagem evangélica ou mal a ouviram, àqueles cujas necessidades são maiores e aos oprimidos (cf. N. D. II, 241). Aceitamos também, de bom grado, tarefas para as quais a Igreja dificilmente encontra obreiros”. 

Nossos Fundadores

Na festa de Pentecostes de 27 de Maio de 1703, Claudio Francisco Poullart des Places fundou a Congregação do Espírito Santo, “tendo em vista formar sacerdotes consagrados para trabalhar nas obras mais negligenciadas”.

Pe. Francisco Maria Paulo Libermann, em 25 de Setembro de 1841, assistido por Frederic Le Vavasseur, Eugene Tisserant e o Abade Desgenettes, celebrou a missa de fundação da Sociedade do Sagrado Coração de Maria na Igreja de Nossa Senhora das Vitórias, em Paris.

Em 1948, a Sociedade do Sagrado Coração de Maria foi suprimida e seus membros uniram-se à Congregação do Espírito Santo, dando-lhe uma nova vida. Pe. Libermann foi eleito seu 11° Superior Geral e conseguiu que passasse à categoria de Congregação Religiosa.

Leia sobre o nosso legado de 300 anos. 

Nossos membros

Cerca de 3.000 Espiritanos em mais de sessenta países de todos os continentes. 

Nossos Líderes

A Congregação é liderada pelo Superior Geral e seu Conselho em Roma. Em cada país onde servimos, há um Superior maior e seu Conselho. 

Um só coração e uma só alma

“Somos consagrados ao Espírito Santo, autor de toda a santidade e «inspirador do espírito apostólico» (N. D. X, 568). Vivemos também sob a proteção do Coração Imaculado de Maria, repleto por este mesmo Espírito «da plenitude da santidade e do apostolado»”.

Nosso estilo de vida comunitário é simples e despojado. Nos conhecemos, aceitamos e respeitamos uns aos outros como uma família. Tentamos, então, servir os outros, vivendo em solidariedade com eles.

  • Estamos em todo o mundo, vivendo onde as condições são mais difíceis, onde as pessoas sofrem e são oprimidas.
  • Ajudamos as pessoas que são pobres. Trabalhamos com comunidades carentes. Servimos em paróquias, escolas, prisões e muitas outras tarefas da Igreja, em nossos países de origem ou ao longe, em missões internacionais.
  • Educamos homens e mulheres jovens para servir a humanidade.

Saiba mais sobre a nossa Espiritualidade