29/06/2012 – Visita do Presidente da República da Tanzânia aos participantes do Capítulo Geral em Bagamoyo

  A sexta-feira 29 de Junho foi um dia marcado pela visita do Presidente da República da Tanzânia, Jakaya Mrisho Kikwete, aos participantes do 20º Capítulo Geral Espiritano reunidos em Bagamoyo. Uma visita muito simpática e de alto relevo, não só para a Província da Tanzânia, mas também para toda a Congregação. Entre os convidados podiam ver-se o Núncio Apostólico na Tanzânia e o Bispo da diocese de Morogoro, onde se situa Bagamoyo. Autoridades administrativas e religiosas locais, católicas e muçulmanas (Bagamoyo é uma cidade essencialmente muçulmana…) e centenas de alunos das escolas espiritanas locais vieram também acolher o Presidente.

Depois de cortar a fita da inauguração oficial do esplendoroso edifício “Stella Maris” construído pelos Espiritanos tanzanianos e onde o Capítulo se está realizando, o Presidente foi para o auditório onde o Capítulo realiza as suas assembleias. Aí fez um caloroso e muito apreciado discurso.

Aquilo que o Presidente disse no seu discurso “oficial” a respeito do trabalho da Congregação na Tanzânia não deixa de ter um alto significado, mesmo em termos de diálogo inter-religioso, sobretudo sabendo-se que ele próprio é de religião muçulmana. Depois de agradecer e sublinhar que o facto de o 20º Capítulo Geral da Congregação se realizar na Tanzânia “é uma grande honra e privilégio para o nosso país”, o Presidente fez referência ao trabalho meritório que a Congregação, desde há mais de 100 anos, tem feito aqui em Bagamoyo, primeiro e depois em toda a Tanzânia, sobretudo nos domínios da educação e da saúde, mas também no domínio do diálogo inter-religioso. Pediu, aliás, à Congregação não só para continuar mas implementar ainda mais esse trabalho ao serviço do desenvolvimento e do povo da Tanzânia.

“A paixão e o espírito fervoroso dos membros da Congregação não terminou com o trabalho de libertar escravos, construindo igrejas e evangelizando aqui em Bagamoyo e ao redor” – disse o Presidente, que continuou: “Eles partiram para o interior do país e ao longo de muitos anos foram estabelecendo igrejas e um largo número de estruturas no domínio da educação, saúde e outros serviços sociais. Várias escolas construídas e dirigidas pela Congregação têm sido classificadas entre as melhores do país.”

A terminar e depois de fazer referência a algumas problemáticas do país relacionadas com o trabalho dos missionários, como os problemas relacionados com o diálogo inter-religioso e a educação dos jovens, o Presidente Jakaya Mrisho Kikwete desejou aos participantes do Capítulo Espiritano “deliberações frutuosas e grandes sucessos não só neste encontro, mas também em futuros empreendimentos”.

No final do seu discurso, o Presidente aceitou ainda o convite para almoçar com os capitulantes. Apesar da alta segurança a que visitas deste género obrigam e que todos entendem, o Presidente, com o seu humor e simpatia soube facilitar as coisas e tornar o encontro agradável.

—- Aqui pode ler (em português) o discurso integral do President Dr. Jakaya Mirisho Kikwete

(Firmino Cachada, CSSp at Bagamoyo)

 

FOTOS (Firmino Cachada)

 

This entry was posted in Bagamoyo 2012, Informações Espiritanas. Bookmark the permalink.