04-07-2012 BAGAMOYO – Cinquentenário dos Mártires de Kongolo

   Com uma missa presidida pelo P. Eric Ngoy, superior dos missionários Espiritanos no Congo Kinshasa, ladeado de três confrades do mesmo país, os participantes do Capítulo Geral reunido em Bagamoyo quiseram-se associar-se à celebração do 50º aniversário do terrível acontecimento que teve lugar em Kongolo, no dia 1 de Janeiro de 1962 e no qual perderam a vida 20 missionários espiritanos (19 belgas e 1 holandês).
O P. Ngoy recordou as trágicas circunstâncias em que eles foram brutalmente assassinados pelas tropas governamentais e enalteceu a sua fidelidade a Cristo e a sua lealdade para com o povo que os tinha acolhido. Poderiam ter fugido diante do perigo, como outros, mas permaneceram no seu posto, fiéis à sua missão até ao fim.
O evento tinha sido já celebrado no início do ano em Kongolo, no Congo Kinshasa e em Gentinnes (Bélgica), onde existe o Memorial dedicado aos Mártires e também em Roma, na Casa Generalícia. Mas o Capítulo quis também associar-se a este acontecimento gerador de esperança, com uma celebração apropriada.

(foto Firmino Cachada)

This entry was posted in Bagamoyo 2012, Informações Espiritanas. Bookmark the permalink.